Bolsonaro antecipa meta para 2050 e defende mercados de carbono

Em um discurso defensivo e, ao mesmo tempo, aberto ao diálogo, o presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira, 22 de abril, a antecipação em dez anos da meta de neutralidade de emissões de gases do efeito estufa do país, para 2050. Leia mais…

Link para a reportagem: clique aqui

LEIA MAIS